Seu prazer é aqui. As melhores acompanhantes de Niterói/RJ.

Isabela Eva Alencar | Aceito Cartões Jade Dançarina India Flávia Albuquerque Nicoly – Icaraí Raica – Aceito cartões Mel Tavares Thamara Siang Isadora Knust Debby Coroa Lavínia Claudia Aguiar
Contos eróticos
Sarrada no Metrô
8 set 2012

Rio de Janeiro, dia 20 de maio de 2010 uma quinta feira de intenso calor típico carioca.
Meu marido já havia saído para trabalhar, acordei e continuei na cama pois ainda estava muito cedo, ainda eram 06 horas e eu só costumava levantar ás 07:30 horas.
Tive um sonho picante e acordei com muito tesão. Não consegui pegar no sono de novo e o sonho não me saia da cabeça, comei a me masturbar um pouco lembrando das loucuras que sonhei.
Fiquei assim por um bom tempo até gozar gostoso. Me senti nova, levantei e fui tomar um banho mas continei com muito tesão ainda…. Tudo bem teria que esperar até á noite ou não!
Me arrumei e como sempre gostei de andar com roupas provocantes , pus uma calça jeans justa realçando o meu bumbum GG e uma blusinha de alcinha com decote provocante e meio transparente, tenho os seios pequenos e empinados, com os bicos rosadinhos, geralmente não uso sutiã e sei que isso mexe com a cabeças dos homens.


“Ele cada vez mais encostava
sua mão na minha xota”


Sai de casa e fui enfrentar mais um dia de batente…. Costumo usar o Metrô apesar de muito cheio, é mais rápido e confesso que gosto com um bonitão para atras de mim e me tira um sarrinho. Hoje seria o dia ideal pra um deles fazer isso. Geralmente eu procurava onde estavam os carinhas mais gostosinhos e meio que provocava esse encontro.
Entrei em um vagão lotado e de cara avistei dois garotos lindinhos, fui logo para perto deles e já na segunda estação depois conforme o Mêtro ia enchendo eu já havia me colocado entre os dois. Eles eram amigos e estavam conversando e eu no meio com aquela cara de menina séria e safada.
Puxei papo com o que estava em minha frente dizendo que etava muito calor e balançando e puxando um pouco a blusa pra fora de uma maneira que ele pudesse ver um pouco dos meus seios.
Ele rapidamente mordeu a isca e começou a se chegar próximo com a desculpa do balanço do trem e quase colado no meu corpo encostava a mão em minha xota rapidamente. O amigo dele que estava atras de mim, percebeu que algo estava acontecendo e ficou na expectativa calado apreciando.
Continuamos assim ele cada vez mais encostava sua mão na minha xota e eu encostava a minha no pau dele que a esta altura já estava pra lá de duro.
Chegamos a estação de transferência para a outra linha e saímos do vagão juntos, ele me perguntou se eu trabalhava no Centro, afirmei que sim e começamos a conversar coisas comuns, ele me apresentou o amigo Pedro, o nome dele era Carlos. Eles trabalhavam juntos são advogados recem formados e montaram um escritório aqui no Centro tudo através de PAItrocínio.
O Metrô chegou e entramos juntos. Carlos me puxou pelo braço, quando entramos e me levou para a parede e no meio da confusão do empurra pra entrar senti que o Pedro estava com a mão na minha bunda. Senti um tesão imaginando uma loucura a três. Com o empurra empurra acabei de novo sendo o recheio daquele sanduíche. HUMMMM! Fui sendo sarrada e tocada ao mesmo tempo e adorando.
Faltava uma Estação pra eu descer e Pedro me perguntou se eu poderia chegar mais tarde no trabalho. Jamais faria isso sem um bom motivo mais estava adorando aquela aventura e não hesitei em dizer sim. Passamos da minha Estação e descemos na Próxima, fomos direto para o Escritório. Chegamos e a secretária já estava lá, eles me apresentaram como uma cliente e que entraríamos em uma reunião, nada nem ninguém poderia nos interromper.


“Pedi a eles que me deixassem chupá-los porque adoro beber uma porra bem quentinha”.


Entramos na sala e assim que a porta foi devidamente trancada , aqueles dois meninos bonitinhos partiram juntos pra cima de mim, enquanto um me beijava de um jeito enlouquecedor, o outro tirava minha calça, em questões de segundos eu estava completamente nua. Eles também tiraram a roupa e colocaram aqueles paus completamente duros ao meu dispor. Cai de boca enfiava um de cada vez em minha boca e beijava muito aqueles paus maravilhosos.
Estava louca de Tesão e queria muito sentir aqueles dois machos dentro de mim…. Eu adoro dar o rabo então fiquei de quatro e empinei minha bunda e pedi ao Carlos que metesse, ele enfiou a língua no meu cú e molhou ele todo com saliva, enquanto Pedro ajoelhado chupava minha buceta com maestria lambia meu grelo como um cachorrinho. Quando eu estava totalmente lubrificada Carlos colocou seu pau na entradinha do meu cú e estocou de uma vez, gemi de prazer, adorava ser comida assim, o misto de dor e prazer é alucinante. Ele sentou-se em um sofazinho daquele escritório e sentei-me em cima dele com o pau todo enterrado na minha bunda, Pedro nesse momento enfiou a pica enorme, dura e maravilhosa em minha buceta e fizemos um dp maravilhoso. Gozei loucamente. Depois de me estocarem bastante e de uma gozada magnifica que dei pedi a eles que me deixassem chupá-los porque adoro beber uma porra bem quentinha. Fiz um boquete nos dois enquanto os punhetava. Não demorou muito para eles gozarem em minha cara, com direito a chingamentos e tapinhas.
Qd acabamos a “reunião” sai da sala e fui embora mas tive a certeza de dever cumprido.
Foi uma maravilhosa manhã. Adoro essas aventuras, vcs tb gostam? Quem quiser pode me enviar e-mails, vou adorar.
Bjs molhados



Busca em Contos eróticos »

Arquivos em Contos eróticos »

Seguidores »

Tags em Contos eróticos »

Este site é, única e exclusivamente, um veículo de comunicação entre pessoas, e não tem nenhum vínculo com seus anunciantes que são, também, responsáveis únicos pelas informações contidas em seus respectivos anúncios bem como pela garantia de que são maiores de idade. Belas e Cia NÃO É AGÊNCIA e não assume nenhuma responsabilidade pelo conteúdo dos anúncios ou pelas respostas a qualquer um deles.
© Copyright 2011 :: www.belasecia.com :: Todos os direitos reservados Criar Sites RJ